Shopping em Miami!

Eu e meu amor pelo céu de Miami!
Era sábado e eu tinha o dia todo livre, meu treinamento só começava no domingo. Liguei na recepção e me informei como funcionava o serviço de shuttle para o Dolphin Mall, que é o shopping que várias pessoas haviam me indicado! A van saia do hotel e ia até o shopping de graça, cheguei lá umas 3:00 horas e combinei com o motorista de ele me pegar as 7:00. Eu sou uma pessoa extremamente ligada nesses "passeios consumistas" (aloka das compras), quando botei o pé naquele tal de Dolphin Mall quase tive um ataque do coração, é muita variedade de lojas e os preços são realmente muito bons!

Manequins na Forever 21
O paraíso em forma de loja!
A loja que eu mais queria conhecer nos Estados Unidos era a Forever 21, uma loja de departamento cheia de coisas baratinhas e estilosas, figurinha carimbada nos blogs de moda! Mas eu não imaginava que ia encontrar essa loja lá, quando vi quase dei pulinhos de alegria! Era realmente tudo aquilo que eu lia por aí, milhares de peças legais custando menos de $20! Mas o orçamento tava curto, acabei comprando poucas coisas. Várias outras lojas valem a pena, como a Aeropostale e Victoria's Secrets.

Comidinha cubana!
A praça de alimentação do shopping é super diferente do que a gente tá acostumado no Brasil, achei bem fraquinha. Acabei escolhendo esse prato cubano que era de iscas de frango, arroz (que tinha super gosto de manteiga) e legumes. Apesar da cara de prato de pedreiro, era muito bom! Achei interessante que os pratos são servidos em coisinhas descartáveis, lá todo mundo é educado e tira a bandeja da mesa deixando tudo limpinho para o próximo, diferente do que acontece no BR. Valeu muito a pena ter experimentado uma comida diferente e custou menos de $10!
 
Estacionamento do Shopping!

Andei mais um pouco pelo shopping, mas já era hora de ir embora. Nesse momento eu percebi o quanto fazia falta um celular, poderia ter ligado pro motorista e dito que queria ficar mais tempo por lá! Nisso ele passou para pegar eu e outras mocinhas do hotel, tenho muito que elogiar esse serviço de shuttle, é muito legal saber que você tem um motorista "quase particular" sem ter que pagar nada por isso. 

PS. Importante: Todo prestador de serviço nos EUA espera que você dê uma gorjeta, o motorista da van, o garçom, a camareira... É um costume do país e é muito rude não dar, vários profissionais não têm salário fixo e vivem só de gorjetas, como vários cargos no navio.

Mais céu!
Euzinha esperando o motorista!
Seguranças e seus carrinhos legais!
Estacionamento!

Havaianas, minha melhor amiga na hora de bater perna rs
Carrinho que te leva do shopping até o carro, por isso são tão gordos os americanos!
Parece que em Miami não anoitece nunca! Era quase 8:00 horas quando cheguei no hotel, ainda era dia e por incrível que pareça, chove todo dia, mesmo com temperaturas beirando os 30 graus! Descansei um pouquinho e logo chegou uma das meninas que ia dividir quarto comigo, a Erin da Inglaterra. Posso considerar ela como minha primeira amiga da vida à bordo! Era BEM difícil entender o sotaque britânico dela, principalmente com meu inglês meio fraco. Conversamos um pouco e decidimos ir num restaurante que o motorista da van tinha indicado, ficava do outro lado da avenida, quase em frente ao hotel. Era um restaurantinho com o clima bem gostoso e já pensei que ia comer um belo bifão... Peguei o cardápido e li "Empanadas de Carne", imaginei que fosse bife empanado e fiquei toda feliz. Advinha o que aconteceu? Chegou meu prato com um belo de um pastel de vento!!!!! Então fica a dica: Empanada em espanhol é Pastel! Mas valeu o passeio! Demos uma voltinha em umas lojinhas que tinham por ali e voltamos para o hotel. Mais tarde chegou a outra mocinha que ia ficar no nosso quarto, se chamava Maria e era da Argentina.

Vista da minha janela!
Aloka dos esmaltes!
O kit do hotel era todo da Neutrogena, chique!
Ainda nessa noite aconteceu uma coisa muito engraçada. Eu precisava encontrar o Ferro de Passar, mas não fazia ideia de como se falava em inglês. Fiz um monte mímica para a Erin e depois de 5 minutos ela entendeu, foi só gargalhada. Até hoje nós rimos disso! Só para lembrar, ferro de passar em inglês se diz Iron! Fim do meu dia livre em Miami, no dia seguinte começaria meu treinamento na Image!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas